Magic registra resultados recordes no quarto trimestre de 2013, com faturamento de 41,2 milhões de dólares, aumento de 15% na série anual, e com uma receita ativa Non-GAAP 6,8 milhões de dólares, um aumento de 34% na série anual

  • fevereiro 21, 2014

A Magic Software Enterprises Ltda. (NASDAQ e TASE: MGIC), uma fornecedora global de software para empreendimentos nos setores de mobilidade, aplicações em nuvem e integração de negócios, anunciou hoje seus resultados financeiros do quarto trimestre e do ano completo que se encerrou em 31 de dezembro de 2013.

Destaques financeiros para o quarto trimestre de 2013

  • As receitas para o quarto trimestre cresceram 15% na série anual, indo de 35,7 milhões de dólares no trimestre correspondente de 2012 para 41,2 milhões neste.
  • O faturamento ativo Non-GAAP cresceu 34% e atingiu a marca dos 6,8 milhões de dólares, enquanto no mesmo período do ano anterior a marca foi de 5,1 milhões de dólares. O faturamento ativo para o quarto trimestre cresceu 28% e atingiu os 5,4 milhões de dólares, comparados com os 4,3 milhões de dólares do mesmo período no ano anterior.
  • O lucro líquido Non-GAAP cresceu 17% e chegou a 6,0 milhões de dólares, enquanto no mesmo período do ano passado a marca foi de 5,1 milhões de dólares. O lucro líquido para o quarto trimestre cresceu 10% e chegou a 4,7 milhões de dólares, comparados com os 4,3 milhões de dólares do mesmo período do ano anterior.   

Destaques financeiros para o ano completo encerrado em 31 de dezembro de 2013

  • As receitas para o ano encerrado em 31 de dezembro de 2013 alcançaram os 145,0 milhões de dólares, um aumento de 15% comparado com os 126,4 milhões de dólares de 2012.
  • O faturamento ativo Non-GAAP para 2013 cresceu 22% e atingiu os 22,7 milhões de dólares, e em 2012 a marca foi de18,6 milhões. O faturamento ativo para o ano encerrado em 31 de dezembro de 2013 cresceu 17% e atingiu os 19,1 milhões de dólares, comparados com os 16,4 milhões do ano anterior. O faturamento ativo em 2013 foi impactado negativamente na comparação com 2012 devido à desvalorização do Iene japonês e à apreciação do Novo Shekel Israelense diante do Dólar Norte Americano, em cerca de um milhão de dólares. 
  • A receita líquida Non-GAAP para 2013 cresceu 6% e atingiu os 19,5 milhões de dólares, comparados com os 18,3 milhões de dólares em 2012. A receita para o ano encerrado em 31 de dezembro de 2013 sofreu uma queda de 2% e atingiu os 15,9 milhões de dólares, comparados com os 16,2 milhões do ano anterior. A receita líquida para 2013 foi impactada negativamente em 0,5 milhão de dólares por conta de despesas fiscais não monetárias registradas com relação à utilização de ativos fiscais deferidos; e em 0,5 milhão de dólares com despesas financeiras registradas como resultado de taxas desfavoráveis de câmbio com moedas estrangeiras. De acordo com os princípios contábeis dos Estados Unidos, a companhia deve registrar suas despesas fiscais deferidas relacionadas à utilização de perdas fiscais postergadas.
  • Caixa total, equivalentes do caixa e investimentos de curto prazo até 31 de dezembro de 2013 somaram 36,0 milhões de dólares.
  • O fluxo de caixa ativo para o ano encerrado em 31 de dezembro de 2013 totalizou 18 milhões de dólares.

Resultados

  • No quarto trimestre (encerrado em 31 de dezembro de 2013), as receitas totais somaram 41,2 milhões de dólares, com lucro líquido de 4,7 milhões de dólares, ou 0,13 dólares por ações totalmente diluídas. No mesmo período de 2012, as receitas foram de 35,7 milhões de dólares, ao lucro líquido de 4,3 milhões de dólares, ou aos 0,12 dólares por ações totalmente diluídas.
  • No quarto trimestre de 2013, o lucro ativo foi de 5,4 milhões de dólares; no mesmo período de 2012, o lucro ativo foi de 4,3 milhões de dólares.
  • No ano encerrado em 31 de dezembro de 2013, as receitas totais chegaram aos 145 milhões de dólares, com lucro líquido de 15,9 milhões de dólares, ou 0,43 dólares por ação totalmente diluída enquanto, no mesmo período de 2012,  as receitas foram de 126,4 milhões de dólares e ao lucro líquido de 16,2 milhões de dólares, ou 0,44 dólares por ação totalmente diluída.
  • O lucro ativo para o ano encerrado em 31 de dezembro de 2013 foi de 19,1 milhões de dólares. Isso se compara ao lucro ativo de 16,4 milhões de dólares no mesmo período de 2012.

Comentários da Administração

Guy Bernstein, CEO da Magic Software Enterprises, afirmou que “2013 foi um ano incrível para a Magic, com recorde de vendas e forte desempenho em todos os nossos produtos e serviços profissionais em todas as regiões. Nossos resultados demonstram uma demanda crescente de nossos consumidores por nossos produtos e serviços associados a um foco contínuo em disciplina operacional. Nossa premiada Solução Corporativa Móvel, as plataformas de integração e os serviços de softwares complementares estão bem posicionados para um crescimento sustentável logo no início de 2014, tanto em termos de vendas imediatas quanto ao que diz respeito à manutenção de longo prazo e ao apoio às receitas.”

“Nós continuamos a fortalecer nossos produtos e a expandir nosso portfólio de serviços para auxiliar empresários a alcançarem a demanda corporativa crescente por serviços de mobilidade, nuvem e big data, e também temos grandes expectativas de que haverá um crescimento acelerado em 2014,” acrescentou Bernstein.

Medidas financeiras Non-GAAP

Este release inclui o lucro ativo non-GAAP, o lucro ativo, ganhos básicos e diluídos por ação e outras medidas financeiras non-GAAP e excluem os seguintes itens:

  • Amortização da compra de ativos intangíveis;
  • Pesquisa e desenvolvimento de capitalização e amortização em curso;
  • Despesas de compensação baseadas em equidade;
  • Alteração na valorização da consideração de contingente; e
  • Os efeitos fiscais relacionados aos tópicos acima.

A administração da Magic Software acredita que a apresentação de medidas non-GAAP oferece informações úteis a investidores e administradores a respeito de tendências financeiras e empresariais relacionadas às condições econômicas da companhia e aos resultados das operações, assim como ao volume líquido de dinheiro gerado por suas operações empresariais após levar em consideração os gastos de capital necessários para a manutenção ou expansão do negócio.

Estas medidas financeiras non-GAAP não estão de acordo com, ou são uma alternativa a, princípios geralmente aceitos de contabilidade, e podem ser diferentes das medidas financeiras non-GAAP empregadas por outras empresas. Mais além, estas medidas financeiras non-GAAP não são baseadas em nenhum conjunto significativo de normas ou princípios de contabilidade. A Magic Software acredita que medidas financeiras non-GAAP possuem limitações, as quais não refletem todos os montantes associados aos resultados de operações da Magic Software, conforme determinado e de acordo com os princípios de contabilidade, além de essas medidas deverem apenas ser empregadas para avaliar os resultados das operações da Magic Software em conjunto com as medidas correspondentes dos princípios de contabilidade.

Verifique a Reconciliação das Medidas Financeiras Selecionadas das tabelas de princípios contábeis às de Non-GAAP, logo abaixo.

Sobre o Magic Software Enterprises

Magic Software Enterprises (NASDAQ: MGIC) habilita os clientes e parceiros em todo o mundo com a tecnologia mais inteligente que proporciona ao usuário uma experiência multicanal da lógica empresarial e de dados. Para mais informações, visite www.magicsoftware.com 

Contato para Imprensa:

Tania Amar | VP de Marketing Global

Magic Software Enterprises